O assassino mais procurado da Holanda, identificado como Gerel Lusiano Palm foi preso pela Polícia Federal nesta quarta-feira, 7, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O holandês de 38 anos estava foragido há mais de três anos e teve o nome incluído na lista de Difusão Vermelha da Interpol. Ele foi condenado, em janeiro deste ano, a 20 anos de reclusão por tentativa de homicídio doloso, quando há intensão de matar, e porte ilegal de arma. Palm responde a outro processo por homicídio, cometido em 2015. Ele estava foragido depois de fugir de uma prisão do Suriname. Além desse histórico de crime, Gerel Lusiano também era procurado por tráfico internacional de drogas pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O mandado de prisão preventiva contra o holandês foi emitido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no fim da semana passa. Agora, com a prisão, a Polícia Federal e o governo brasileiro vão tratar da extradição do assassino.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

Artigo anteriorAlergias atingem mais de 30% da população mundial e podem levar à morte
Próximo artigoMinistério da Saúde diz que grávidas não devem tomar vacinas da Janssen e AstraZeneca