Mais 2 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da CoronaVac desembarcaram no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, neste domingo, 1º. O lote dará origem a 4 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, produzida no Instituto Butantan. No total, a entidade disponibilizou 62 milhões de unidades ao Plano Nacional de Imunização (PNI), sob coordenação do Ministério da Saúde. A expectativa é que ao longo desta semana novas entregas sejam realizada, finalizando o contrato de 100 milhões de doses até o dia 30 de agosto. O secretário Estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, ressaltou que as vacinas possibilitam que o estado avance na flexibilização das medidas sanitárias. “Não apenas vacinando como também mantendo por meio das medidas sanitárias, a utilização do uso de máscaras, fazendo com que estejamos progredindo nos nossos horários. Sempre mantendo vacinação ampla progredindo cada vez mais e a utilização dessas medidas que garantem a proteção da vida”, pontuou.

Neste domingo, entrou em vigor a nova fase de transição em que as atividades econômicas podem funcionar das 6h às 00h, com 80% de ocupação em São Paulo. No dia 17 de agosto, o governo quer retirar todas as limitações de horário e lotação dos espaços, desde que seja mantido o uso de máscaras, distanciamento de um metro e higienização dos ambientes. A gestão João Doria diz que vai vacinar os paulistas acima de 18 anos com pelo menos a primeira dose até o dia 16 deste mês. Ao todo, mais de 78% da população adulta já recebeu ao menos uma dose dos imunizantes, sendo que 22,5% estão com esquema vacinal completo.

*Com informações da repórter Nanny Cox

Artigo anteriorAutorização Eletrônica de Viagem para menores entra em vigor nesta segunda
Próximo artigoSP recebe projetos para construção de nova rodovia com destino ao Porto de Santos