O Sindicato dos Ferroviários da CPTM decidiu em assembleia nesta quarta-feira, 14, uma greve geral na cidade de São Paulo para esta quinta-feira, dia 15, a partir das 00h (meia noite). De acordo com comunicado, os funcionários reclamam reajustes no salário base de 2021/22 e informam que a CPTM encerrou as negociações sem tentar “buscar um denominador comum”. O sindicato também indica que a paralisação é um protesto contra o calote do Governo do Estado e da CPTM que deixaram de pagar as duas parcelas do PPR 2020 (Plano Poupança Reforma). “Os ferroviários já vêm acumulando prejuízos desde a data base 2020, quando também não tiveram reajuste salarial”, escreveu a nota. As negociações com intermédio do Tribunal Regional do Trabalho – TRT continuam.

Artigo anteriorHomem é agredido e tem suástica desenhada na testa em MG
Próximo artigoIncêndio atinge prédio da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul