O governo São Paulo serão instaladas mais 20 unidades do Poupatempo na região metropolitana, interior e litoral do Estado. Segundo o governo, desde agosto de 2020, foram criados 70 novos postos. A proposta é disponibilizar mais de 130 serviços para a população. As novas unidades buscam facilitar o acesso ao Detran, ao Instituto de Identificação, ao Ministério Público, secretaria estadual de educação e às prefeituras. As unidades lançadas vão atender mais de 1,3 milhão de pessoas e a expectativa é que sejam realizados 3.300 atendimentos diários. De acordo com o governador João Doria, o custo do projeto é de R$ 3 milhões. O vice-governador, Rodrigo Garcia, destacou a parceria entre Estado e municípios. “Parceria com as prefeituras, cada um desses postos vai ser instalado graças ao apoio de cada prefeito e prefeita aqui presente, que são parceiros do Estado, que vão incluir os seus serviços municipais nesse Poupatempo, que já é de última geração”, disse. Atualmente, cerca de 80% dos atendimentos do Poupatempo acontecem por meio das plataformas digitais. Entre os serviços digitais mais procurados está a pesquisa de pontuação, habilitação, licenciamento e as funcionalidades da vacinação contra a Covid-19.

*Com informações da repórter Camila Yunes

Artigo anteriorPrefeitura do Rio autoriza que grávidas que tomaram AstraZeneca recebam 2ª dose da Pfizer
Próximo artigoMultas de trânsito na pandemia começam a chegar e assustam motoristas