Um idoso, de 75 anos, recebeu uma nota falsificada de R$ 420 para o pagamento de um empréstimo. De acordo com a Polícia Militar, a vítima relatou que, há aproximadamente cinco dias, um empregado de um vizinho, um homem de 24 anos, teria ido até sua residência e lhe pedido R$100 emprestado. Na última terça-feira, 7, o homem foi até a residência do senhor para quitar a dívida. Ele retirou uma imitação de cédula de dinheiro, com o valor de R$420, retirou da carteira, lhe entregou e exigiu um troco de R$320 em dinheiro. O idoso questionou a veracidade da nota e foi rebatido pelo criminoso, que afirmou que a nota era verdadeira e que inclusive teria recebido no caixa eletrônico em Unaí, no Noroeste de Minas de Gerais.

A ocorrência do crime foi registrada na quinta-feira, 29, no Projeto de Assentamento Saco Grande, a cerca de 70 km da área urbana. No local, os policiais militares receberam uma denúncia anônima que o mesmo homem estaria revendendo drogas na região. Segundo a PM, o suspeito confirmou a versão do idoso e afirmou já havia gastado o dinheiro. Foram realizadas buscas e localizado um vaso com um uma planta semelhante a maconha e, no quarto onde o homem fica, foram localizadas uma barra e três tabletes de substância semelhante a maconha e R$56 em cédulas e moedas. O homem, então, foi preso, levado para a delegacia de Polícia Civil com o material apreendido e posteriormente encaminhado ao presídio municipal de Unaí. O criminoso estava em condicional e já havia sido preso por roubo e receptação.

Objetos apreendidos pela PM

Objetos apreendidos pela PM na residência do criminoso

Artigo anteriorMédico morre eletrocutado em ensaio de casamento um dia antes da cerimônia no Tocantins
Próximo artigoSão Paulo registra recorde de frio com menor temperatura em 5 anos