Um laudo da Polícia Civil do Distrito Federal constatou que o marido da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), o neurocirurgião Daniel França, não tem lesões nas mãos ou em outras regiões do corpo. O exame foi feito para descartar a hipótese de que Daniel poderia ter agredido Joice, que acordou envolta em sangue e cheia de hematomas. Segundo o advogado da parlamentar, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, o laudo é “óbvio”. “O Daniel não tem nenhuma preocupação com isso e se ofereceu para fazer o exame. E foi bom, porque a Polícia Legislativa pediu e o IML fez o exame que comprova de forma técnica que não há nenhuma lesão nas mãos dele e nem poderia haver”, disse. “Vou ser sincero, nem me manifestei porque esse era o resultado absolutamente óbvio. Há grupos que sabemos da onde vem, grupos de fake news, que estão fazendo ilações indevidas”, acrescentou.

Joice e o marido concederam há uma semana uma entrevista coletiva no apartamento funcional onde mora o casal, em Brasília, para negar a acusação de que foi ele quem agrediu a parlamentar na noite do último dia 17. Depois de acordar machucada, ela ligou para França, que prestou os primeiros socorros. Chamaram a atenção os fatos de os dois dormirem em quartos separados — porque, segundo a deputada, ele “ronca como um animal” —, de ela não lembrar de nada e de o neurocirurgião não ter percebido nada estranho durante a noite. “Eu nunca agredi ninguém, nunca dei um tapa em ninguém, nem um murro em ninguém. Não tenho nenhum motivo para fazer isso, eu jamais faria isso”, declarou França.

Artigo anteriorShow do cantor Belo é interrompido em SP por causar aglomeração de 1.500 pessoas
Próximo artigoEletrobras investirá R$ 8,3 bi para diminuir riscos de interrupções em hidrelétricas