Uma mulher foi presa na cidade de São Pedro da Aldeia, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, nesta terça-feira, 27, por suspeita de vender a própria filha, uma recém-nascida de um mês e meio de idade, por R$ 200 para comprar drogas. A detenção foi feita após um trabalho de inteligência de policiais da 125ª Delegacia Policial da cidade. Ela teria entregue a menina à uma mulher na cidade de Saquarema em troca do montante. A polícia não detalhou, porém, em quais condições a venda da criança foi descoberta. Agora, equipes de investigação tentam descobrir se a mulher, que deu à luz outras 10 crianças, também vendeu outras sete para a mesma finalidade, já que até o momento só dois menores de idade filhos dela foram encontrados.

Artigo anteriorOnda de frio: Gramado, no Rio Grande do Sul, tem registro de neve
Próximo artigoMaia critica volta do Ministério do Trabalho e diz que Bolsonaro ‘criou emprego no governo dele’