Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) prenderam o traficante internacional Ygor Daniel Zago, conhecido como Hulk. O criminoso, que é condenado a 29 anos de prisão, a esposa e outros três operadores de um esquema de exportação de drogas, foram detidos durante a Operação Netuno, realizada nesta terça-feira, 15, na capital paulista e no Guarujá, no litoral de São Paulo. O delegado da 6ª Delegacia de Facções e Lavagem de Dinheiro, Fabiano Barbeiro, afirma que também foram apreendidos vários objetivos de luxo. “Efetivamente, conseguimos prender cinco pessoas investigadas pelo crime de organização criminosa, lavagem de dinheiro e logramos a prender diversos veículos de luxo, embarcações e uma aeronave”, afirmou. Os agentes foram às ruas para cumprir cinco prisões e 11 mandados de busca e apreensão contra autores de tráfico de drogas e organização criminosa. Os policiais ainda procuram o sócio de Hulk, que é o responsável pela lavagem de dinheiro. A investigação é um desdobramento da operação que mirou, em dezembro, membros da família de Marcola, apontado como líder máximo do PCC.

*Com informações da repórter Elisângela Almeida

Artigo anteriorMaestro João Carlos Martins ganha exposição em São Paulo
Próximo artigoExigência de documento dificulta vacinação de grávidas em SP, diz entidade