A Polícia Militar do Rio de Janeiro cedeu duas estações de rádio para auxiliar na comunicação das equipes que buscam o fugitivo Lázaro Barbosa de Souza. A primeira Estação Rádio Base foi cedida no último dia 22 e a segunda segue neste sábado, 26, para Goiás, com a escolta da corporação fluminense. O equipamento foi usado na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016. Ele possibilita a conexão entre telefones celulares por meio de uma estação fixa, ajudando em buscas de grande extensão, onde a comunicação entre diferentes equipes é normalmente dificultada. O transporte das estações, que incluem torres de transmissão de 15 metros de altura, ficou a cargo do Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro.

Lázaro é acusado de assassinar quatro pessoas da mesma família no último dia 9 numa chácara do Distrito Federal. Uma quinta vítima teria sido morta em Goiás. Ele ainda é investigado por balear três pessoas no dia 12 no município de Cocalzinho de Goiás, onde se concentram as buscas. Ele já tem uma condenação por homicídio na Bahia e é também procurado no DF e em Goiás pelos crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo. Nesta sexta-feira, 25, a Polícia prendeu um fazendeiro e seu caseiro que estavam dando abrigo a Lázaro havia cinco dias. Ele conseguiu fugir na mata.

*Com informações da Agência Brasil

Artigo anteriorMinistério da Saúde estima economia de até R$ 150 bilhões com vacinação contra a Covid-19
Próximo artigoPrefeitura do Rio adianta novamente a vacinação contra Covid-19