Moradores de cidades do litoral do Rio Grande Norte, incluindo a capital Natal, ficaram assustados com uma sucessão de tremores de terra que começou na madrugada deste domingo, 25, e continuaram até o começo da tarde. O último, de acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), aconteceu às 12h45. Até o momento, já foram registrados oito eventos sismológicos. O maior, na madrugada (pouco depois da meia-noite), chegou à magnitude 3,5.

“Recebemos vários relatos de várias pessoas da região litorânea, até da capital”, informou o LabSis. Apesar do susto, o laboratório afirma que eventos dessa magnitude não são fortes o suficiente para provocar desabamentos ou tsunamis. Tremores a partir de 4,0 geram danos como quebra de vidros e rachaduras em paredes. Foi a quinta vez em julho que cidades potiguares registraram tremores.

Artigo anteriorPrefeito de SP diz que data de vacinação de pessoas com 28 anos não está confirmada
Próximo artigoCiclistas fazem protesto em São Paulo após morte de colega atropelado