Marco Antonio Carbonari é empresário e dono da vinícola Villa Santa Maria, localizada no município paulista de São Bento do Sapucaí, que atrai milhares de turistas todos os anos. Neste artigo, o especialista diz que os filmes também são uma forma de conhecimento legítimo, mesmo que para bebidas. Muitos acham que conhecer a bebida é somente degustá-la, mas estudar por fora também agrega muito, principalmente com quem trabalha no ramo.

A bebida que serve de pano de fundo para diversas narrativas, desde romances a documentários, também merece ser protagonista da sua própria história. Com a harmonização de uma boa degustação e a apreciação da sétima arte, separamos uma seleção de alguns filmes sobre vinhos que todo apreciador deveria assistir. Confira.

  • O Julgamento de Paris (2008): Marco Antonio Carbonari diz que a comédia dramática mostra o interessante pano de fundo de uma história real da emancipação do vinho californiano, que leva o nome do filme, ocorrido em 1976. O início da indústria de Napa Valle, que venceu a competição internacional francesa, foi responsável por inserir no mapa a vinícola em uma das principais rotas de vinhos do mundo. O filme está disponível no Prime Vídeo.
  • Mondovino (2005): Gravado em países do Velho Mundo, como Itália e França, a série documental é uma ótima pedida para quem quer conhecer mais sobre a elaboração do vinho. Na trama, os produtores percorreram diversos países na tentativa bem sucedida de explicar o impacto cultural, econômico e social sob a ótica da indústria do vinho. Disponível no Prime Vídeo.
  • Somm (2013): Disponível na Netflix, este documentário narra a realidade do vinho no mundo. Somm conta a história de quatro candidatos a um dos títulos mais disputados do mundo, ao qual somente 230 pessoas podem dizer que são: Mestre Sommelier. Marco Antonio Carbonari conta que o retrato das muitas horas de estudo, o pouco tempo com a família e a pressão para a prova mais decisiva de um exame quase impassável é muito presente. A trama leva esse nome devido a referência à expressão usada para designar o especialista em vinhos.
  • Red obsession (2012): Uma das bebidas mais apreciadas do planeta se tornou a nova obsessão do maior e mais populoso país do mundo, a China. O documentário mostra como os chineses adquiriram o gosto pelos vinhos e o quão estão dispostos a pagarem uma alta quantia de dinheiro pelas melhores safras. Disponível no Prime Vídeo.
  • Notas de Rebeldia (2020): Lançado pela Netflix, o filme narra a história de um jovem que tem um sonho de se tornar um sommelier. Apesar de seu negócio bem sucedido em uma churrascaria da família, os esforços diários para seguir o sonho e contrariar as expectativas dos pais é ensurdecedor. Os estudos enológicos árduos para se preparar para o exame de sommelier faz com que a trama se torne ainda mais interessante.
Artigo anteriorAtaques em Manaus: ‘Secretaria de Segurança não preparou plano para conter reação’, diz vice da Câmara
Próximo artigoJovem morre após explosão em baile funk clandestino na Rocinha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui