O empresário Marco Carbonari é especialista em vinhos há mais de 10 anos, dessa maneira, sempre antenado às últimas tendências e notícias sobre o assunto, comenta sobre os famosos vinhos em lata, vinhos armazenados em latas, assim como cerveja e refrigerante, que é uma febre.

O enófilo Marco Carbonari conta que há diversas marcas apostando na tendência e que esse mercado vem crescendo cada vez mais, mas o motivo que o faz não crescer de forma exponencial e invocadora, é o tradicionalismo vinho em garrafa e sua qualidade.

“As pessoas creem que vinhos em lata não possuem a mesma qualidade dos tradicionais vinhos em garrafas, por esse motivo, acabam ficando receosas a adquirir e até a experimentar”, narra Marco Carbonari.

Mas será que essas pessoas estão certas? Vejamos: realmente não é possível comparar um vinho tradicional em garrafa, saído em uma renomada vinícola no norte da França aos vinhos em lata pelo simples motivo de que o segundo segmento é feito de forma comercial e massificada, enquanto o primeiro é feito para uma parcela pequena da população.

Pelo forte teor comercial, os vinhos em lata acabam contendo conservantes e é preciso que a demanda saia de forma rápida, enquanto os vinhos tradicionais, segundo Marco Carbonari, aumentam seu valor com o passar da idade.

Mas é preciso descartar os vinhos em lata? “De forma alguma”, respondeu Marco Carbonari. A venda de vinhos em lata certamente é uma revolução no mundo dos vinhos e merece a prova dos apreciadores da bebida.

Este mercado ainda é novo e novas formas de fazer e armazenar a bebida podem surgir. “Vinhos em alta são ótimos para levar para a praia, por exemplo”, cita Marco Carbonari. São fáceis de armazenar e gelar, é uma refrescância e tanta.

“Para ocasiões especiais, opte por um Champagne, mas para ocasiões descontraídas como um passeio para a praia ou uma noite de filmes, vinhos em lata são ótimas opções”, indica Marco Carbonari. Dessa maneira, não há porquê descartar e sim saber qual a ocasião é a mais adequada.

Artigo anteriorO melhor de viena em 3 dias – Rota de viagem
Próximo artigoGestantes e puérperas que receberam vacina da AstraZeneca vão tomar segunda dose da Pfizer em SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui